Loading...

Ilha de Mallorca

Fui ali conhecer o paraíso.

A viagem contou com carro alugado e hospedagem fora da rota de balada, no BQ Alcudia Sun Village localizado em Alcúdia. O village é bem frequentado por famílias e idosos, mas sua localização é maravilhosa! Ao chegar no Aeroporto de Mallorca, que fica na cidade de Palma de Mallorca, é possível atravessar a ilha até Alcúdia em apenas 1 hora.

O hotel conta com um café da manhã maravilhoso e restaurante que serve drinks e comidas aos hóspedes que querem apreciar a vista e ainda tomar um banho de piscina. Na foto, a famosa Aperol Spritz.

A melhor maneira de se locomover em Mallorca é de carro alugado.  A ilha é bem grande, são 3.640 km quadrados e as há praias lindas em várias regiões distantes entre si. As estradas são muito boas e não há pedágios. Vale ressaltar que visitar praias sem carro é complicado, porque não há transporte público suficientes na região. 

A primeira parada foi na Cala D’Or, munícipio de Santanyí, na costa leste da ilha. Cuidado na hora de estacionar! Não prestei atenção e parei em uma área residencial. Ao voltar para o carro, havia uma multa de 40 euros a ser paga.

Aproveitei o município para conhecer três praias maravilhosas, com banhos de mar quentinhos:

  1. Cala S’Almonia
  2. Caló des Moros (água transparente, mas com muitos turistas no local)
  3. Cala Llombards (a única praia que tinha uma estrutura de restaurante. Comi no Chiringuito Cala Llombards e recomendo o prato de batatas com polvo!)

No dia seguinte, andei 500m e cheguei na Playa de Muro, uma bela praia de areia de seis quilômetros de extensão com águas azul-turquesa. É difícil descrever ou registrar em foto a beleza do tom dessa água, mas acho que essa foto mostra um pouco do que quero dizer.

É possível alugar sombreiro e cadeiras, eu pague 14 euros pelo dia e achei que vale muito a pena. Se você tiver a sorte de encontrar Maria andando e cantando pela praia, pode a chamar: ela serve o melhor Mojito que tomei na vida!

No terceiro dia eu fui conhecer o centro de Palma de Mallorca e o passeio começou na Catedral de Palma de Mallorca, também conhecida por “Le Seu”, uma catedral gótica que é o cartão postal da cidade. Havia uma pequena fila de turistas esperando a sua vez de comprar o bilhete de acesso. Lá dentro, uma experiência de tirar o fôlego.

Como sempre acontece em viagens e em ambientes de ruelas estreitas e labirínticas, o melhor é deixar-se perder, andar sem destino e olhar para todos os lados. Você vai dar de caras com botecos e bares de tapas, lojas vendendo pérolas, varandas cheias de plantas, artistas de rua e mais. Explore!

Axé!

Talvez você goste

1 Comentário

  • florence 2 meses atrás Responder

    Comemos no restaurante BOSSA NOVA

Deixe sua mensagem